Já  abordamos esse tema algumas vezes nos últimos tempos e parece que ele  tem altos e baixos na sociedade, vem e vai e lembramos apenas cada vez  que uma luz famosa se apaga.

É  triste que no dia de 20 de julho o cantor Chester da Banda Linkin Park  tenha se suícidado, e o impacto disso só me atingiu mais forte depois de  escutar mais uma vez o album One More Light. Escuto desde o Hybrid  Theory e essa foi a primeira vez notei uma mudança de tom profunda,  mesmo considerando o album com o Jay-Z

Quando  estava na segunda música eu percebi algo que não tinha percebido antes.  Coloquei toda minha atenção nas letras e nos títulos e percebi algo que  me atingiu como um raio, e ressalvo que é apenas minha opinião, mas o  album inteiro me pareceu uma expressão de sentimentos relacionados a  depressão e suicídio.

  1. Ninguém pode me salvar (Nobody can save me)
  2. Tchau tchau ou adeus (Good goodbye)
  3. Falando comigo mesmo (Talking to myself)
  4. Sinfonia de batalha (Battle Symphony)
  5. Invisível (Invisible)
  6. Pesado (Heavy)
  7. Desculpe por agora (Sorry for now)
  8. Meio correto (Halfway right)
  9. Uma luz mais (One more light)
  10. Arestas afiadas

A minha ligação com 13 reasons why foi  acionada imediatamente e me vi chorando pois me pareceu que  infelizmente Hanna "aconteceu" com alguém no mundo real, para quem não  sabe ele foi abusado infantil por um homem adulto (relatos pessoais  dele), mas não eu não estava chorando exatamente por ele, eu me lembrei  de como isso já esteve ao meu redor em diversas situações.

Após  me acalmar, decidi escrever mais um artigo sobre o assunto e para  reforçar a mensagem que venho tentando passar pergunto: Quantos outros  mais esquecemos que cometem suicídio todos os anos? Cerca de 800.000 no Mundo, 10.000 só no Brasil, e infelizmente só nos lembramos dessa questão quando famosos falecem.

Dados da OMS e Prevenção de Suicídios

Quantos desses poderiamos ajudar? Quantos desses teriam uma segunda chance se aceitassem terapia?

Lembrei  de como quase falhei comigo mesmo e com pessoas próximas, e que eu  também ignorei os sinais com essas pessoas. Então por favor vamos  derrubar o véu do preconceito e do estigma, façamos terapia, se você  conhece alguém que precise não haja como se não fosse algo que  precisasse de ajuda, não existe "é só da sua cabeça vai passar", faça o  melhor para apoia-lo e se é você mesmo lendo esse texto não sinta  vergonha, afinal cuidar da saúde mental não é coisa de louco, é sério,  corpo e mente saudáveis proporcionam uma vida melhor.

Eu  sei que pode ser caro ou a agenda pode não ajudar ou ainda você nem  quer sair da cama, então joga a mãozinha na barra de endereços e digite https://www.psicologiaviva.com.br/.


Hear me out,
(Escute-me,)
There’s so much more to life than what you’re feeling now
(Há muito mais na vida do que você está sentindo agora)
Someday you’ll look back on all these days
(Um dia você olhará para trás em todos esses dias)
And all this pain is gonna be invisible
(E toda essa dor será invisível)

Trecho de Invisible do Linkin Park

Foto de capa Hasty Words - Pixabay